Missão

A CGE-FISMA realiza convênios com instituições públicas e privadas em nível regional e estadual abrangendo atividades de ensino, pesquisa e extensão.

Em nosso site você pode consultar as instituições conveniadas para realização de estágios obrigatórios e vagas para estágios não-obrigatórios. Para isso é necessário que você tenha vínculo como aluno na FISMA.

Passo a Passo
cadastrar-se
para uma
vaga.

A CGE-FISMA oferece aos seus alunos através de seu website o cadastro para as vagas oferecidas. Cadastre-se com a CGE-FISMA e aproveite as vagas de estágio obrigatórios e não obrigatórios oferecidas em nosso portal.  Caso o candidato  desejar o cancelamento ou alteração das suas informações podem ser feitas através do e-mail de contato cgestagios@fisma.com.br.

ESTÁGIO OBRIGATÓRIO X ESTÁGIO NÃO OBRIGATÓRIO:

1. O estágio obrigatório é uma disciplina que faz parte da grade curricular dos cursos de graduação e técnico. Os cursos tecnológicos não têm essa disciplina, exceto o curso de Radiologia. Para fazer o estágio obrigatório, você precisa estar matriculado na disciplina de estágio obrigatório. No início do semestre, o professor da disciplina irá informar quais atividades você irá realizar, carga horária, avaliação, etc.

2. O estágio não obrigatório é uma atividade facultativa, em consonância com a Lei N° 11.788/2008, o Plano de Curso e o Projeto Político-Pedagógico do curso. Essa atividade tem como objetivo aproximar o estudante das áreas de atuação profissional do seu curso, com vistas a qualificar o seu processo de aprendizagem e formação acadêmica. O estágio não obrigatório será administrado pela CGE-FISMA e está sob a responsabilidade da Coordenação de Curso, que designará professor para a sua orientação e acompanhamento.

A Importância do Estágio

A FISMA, reconhece a atividade de estágio como dimensão indissociável do processo de formação do aluno, assegurada pela supervisão acadêmica e profissional, pela articulação com a política de estágio da FISMA e pelo intercâmbio entre a instituição de ensino e o mercado de trabalho e cumprir, também, com as exigências da nova lei de estágio, que estabelece que o cumprimento das obrigações previstas para as instituições de ensino será observado para efeito de avaliações e dos processos de autorização, reconhecimento e credenciamento de instituições e cursos, pelo MEC.